O sistema mais simples e prático de gestão de atividades
Produtividade 30 de outubro de 2014

Como implementar o dia de “home office” na empresa

comohomeoffice
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Share on Google+0Email this to someone

Em busca de atender a novas demandas de Recursos Humanos, empresas no mundo todo vem adotando o “home office” como uma forma de melhorar a produtividade e aumentar a qualidade de vida dos funcionários. Forte tendência no Brasil, a prática que consiste no trabalho em casa, é formalmente implantada por 14% das empresas no país, mais do que o dobro registrado no ano passado, segundo dados da consultoria Top Employers Institute.

Além de beneficiar os colaboradores, a empresa que adota esta prática também tem seus ganhos, pois há uma significativa diminuição dos custos operacionais. Este novo modelo de gestão está a cada dia mais conquistando espaço no mercado. E para que a sua empresa não fique fora desta iniciativa, vamos mostrar a você, o que é necessário para implementar o dia de “home office” na sua organização. Atente-se às nossas dicas!

Faça um planejamento sobre o programa

O primeiro passo, e talvez o mais importante, é analisar se a empresa tem vocação para este tipo de metodologia. Se a estrutura organizacional estiver aberta às novas tendências de mercado, não for centralizadora e muito tradicional, “sinal verde” para começar a pensar no projeto.

Sensibilize um grupo de funcionários e inicie a atividade com um “piloto”. Esta ação é importante para observar se a cultura da organização se adéqua bem a este sistema. E com isso, fazer os ajustes necessários para implantar a iniciativa a toda equipe. Faça este teste por, aproximadamente, seis meses e mensure os resultados.

Envolva as lideranças

Para que a tarefa “home office” funcione de forma positiva para empresas e empregados, é importante decidir quem será o responsável pelo planejamento, organização e suporte à atividade. Estes responsáveis serão destacados para “apadrinhar” o programa e fazê-lo perpetuar entre seus colegas de trabalho. As pessoas envolvidas nos departamentos estratégicos, que tenham perfil de liderança, são as mais indicadas. E como novidades sempre causam algum tipo de estranheza, é necessário envolvê-las de forma a deixar todos seguros de que esta é uma prática bem-sucedida que vem crescendo cada dia mais.

Utilize sistemas de gestão de tarefas online

Quando implantando o “home office”, é necessário muito cuidado para que os projetos continuem a ter o mesmo (ou até melhor) desempenho por parte dos funcionários. Por isso, para que todas as tarefas continuem em seu perfeito andamento, utilize ferramentas de gestão de tarefas online. Por meio delas, haverá otimização dos processos comunicacionais, e gestores e colaborados poderão acompanhar – e fazer parte –  de toda a programação e execução do projeto de suas residências.

Para que a prática cresça, serão necessárias algumas ações para modificar fatores culturais onde ainda impera como valor o esforço acima do resultado. Comprovadamente, o dia do “home office”, se trabalhado corretamente com toda a equipe de profissionais preparados e com os recursos necessários traz grandes benefícios de produtividade para empresa e maior qualidade de vida para os funcionários.

Ao optar por implantar este sistema, siga as dicas fornecidas acima e faça com que sua empresa seja vista como um ótimo local para se trabalhar.

Não deixe de compartilhar utilizando os campos abaixo, quais as suas impressões e vivências neste tipo de trabalho!

CEO do Infortask - Apaixonado por desafios e inovação/ Administrador/ Especialista em Administração de Empresas - FGV. Possui experiência em Marketing, Gestão de Leads, Inbound Marketing, Saas, Adwords, SEO, Gestão enxuta, entre outros.