O sistema mais simples e prático de gestão de atividades
Produtividade 29 de agosto de 2014

8 hábitos que irão tornar a sua equipe mais produtiva

produtividade
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Share on Google+0Email this to someone

Produzir mais e melhor é um dos grandes desafios das empresas modernas. Além disso, é um fator determinante para o sucesso do negócio, tanto que gestores de empresas de todos os portes têm investido tempo e dinheiro em busca de soluções para o aumento da produtividade.

A boa notícia é que não precisa ir tão longe e nem gastar tanto para ter equipes mais engajadas, motivadas e produtivas. Com algumas medidas simples é possível elevar a produtividade da sua empresa. Quer conhecê-las? Então continue lendo o nosso artigo e comprove!

Identifique problemas

Para aumentar a produtividade da sua equipe, é necessário primeiramente identificar problemas recorrentes. Excesso de faltas de colaboradores? Atraso nas entregas? Desconcentração? Conflitos pessoais? Erros de execução? Não importa qual seja o problema, o fato é que se você não conhecê-los, será difícil solucioná-los. Pense nisso!

Treine seu time

Para que a sua equipe se torne produtiva, ela precisa estar preparada para as funções que você irá designar, afinal, dificilmente as pessoas sabem onde ir e o que fazer quando não recebem orientações. É por essas e outras que seu time deve ser devidamente treinado. Nesse sentido, é fundamental que os treinamentos sejam planejados de acordo com o público-alvo. Além disso, o gestor deve estimular o aprendizado contínuo e se mostrar aberto ao esclarecimento de dúvidas.

Defina metas individuais e coletivas

As metas são cruciais para manter os profissionais focados e motivados no trabalho. Elas funcionam como um norte para direcionar ações, mas também servem como molas propulsoras para atingir bons resultados. Vale destacar que as metas precisam ser realistas, caso contrário, o não alcance desses objetivos gerará frustração.
É importante também valorizar cada conquista do colaborador, seja ela grande ou pequena. Elogios, bonificações, prêmios e palavras de incentivo são bem-vindos nesse contexto. Lembre-se que funcionários motivados e valorizados trabalham mais e melhor!

Estabeleça prazos

Prime pela execução de excelência, mas não deixe o trabalho correr solto! É indispensável que os líderes limitem o tempo para a realização das tarefas. Na hora de estabelecer os prazos, leve em consideração a urgência da entrega, mas seja sensato e também considere o grau de dificuldade da atividade. Isso também é fundamental para garantir a alta produtividade.

Crie um ambiente colaborativo

Quando a equipe está perfeitamente integrada, trabalhando com sinergia e de forma colaborativa, inevitavelmente há um aumento na produtividade. Sendo assim, aposte no compartilhamento de ideias, incentivo ao trabalho coletivo, promoção de happy hours, criação de um ambiente agradável e amistoso, delegação de tarefas em grupo e assim por diante. Tudo isso pode contribuir para fazer o trabalho render!

Comunique-se com clareza

A comunicação é uma peça-chave na produtividade, afinal, uma informação mal dada pode comprometer a execução até mesmo das tarefas mais simples. Diante disso, os líderes devem se comunicar com clareza e objetividade, sempre procurando adequar a linguagem à realidade dos funcionários. Dar e receber feedbacks também são práticas fundamentais para identificar em quais aspectos a equipe pode melhorar.

Permita pausas

Produtividade não depende de trabalho incessante! Para que os profissionais tenham um bom rendimento, é fundamental que estejam descansados e bem dispostos. Nesse caso, permitir pausas ao longo do expediente pode ser algo altamente eficaz. Prova disso é que muitas empresas estão criando espaços específicos para o cochilo, relaxamento, cafezinho, leitura e exercícios físicos dentro das próprias dependências. Para haver sucesso nesse tipo de estratégia, é fundamental investir em um processo de educação dos funcionários para que tenham as pausas mas as façam com bom senso, sem desperdício de tempo.

Use um gerenciador de tarefas

Não adianta delegar tarefas e não monitorar o desenvolvimento das mesmas! É fundamental ter total controle do andamento das atribuições, a fim de garantir o cumprimento dos prazos. Vale destacar que com um bom gerenciador de tarefas, é possível saber quem são os responsáveis pelas funções, além de identificar eventuais falhas e dificuldades na realização das atividades.

E aí, você gostou das nossas dicas? Já usa alguma delas na sua empresa? Compartilhe suas opiniões e experiências conosco através dos comentários.

CEO do Infortask - Apaixonado por desafios e inovação/ Administrador/ Especialista em Administração de Empresas - FGV. Possui experiência em Marketing, Gestão de Leads, Inbound Marketing, Saas, Adwords, SEO, Gestão enxuta, entre outros.

comentar