O sistema mais simples e prático de gestão de atividades
Gestão de equipes 31 de janeiro de 2018

5 Dicas para uma equipe mais Engajada e Produtiva!

Close up of young people putting their hands together. Team with stack of hands showing unity and teamwork.
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Share on Google+0Email this to someone

Quando vamos comprar e utilizar um serviço buscamos saber se ele tem referência ou competência.

Imagine que você precisa fazer um reparo no seu carro ou quer fazer uma reforma na sua casa, você não vai fazer o serviço com qualquer pessoa, certo? Você quer a melhor equipe e mais preparada para possíveis grandes problemas que possam surgir e que consigam “tirar de letra” e resolver o seu problema!

Para isso você recorre a indicações e busca os melhores, seja em local físico ou na web. Isso também acontece na busca de uma solução quando você precisa ter uma gestão da Equipe, mais autônoma, que possa ser vencedora e mais produtiva!

Pense agora na sua empresa. Você já buscou conhecimento específico para resolver algum problema, como a falta de comunicação acertada, falta de produtividade e até mesmo acabar com o retrabalho?

Através de alguma capacitação, treinamento, consultoria ou  muito conteúdo na internet? Sim nós sabemos muito bem como essa procura é exaustiva e estressante. Mas podemos ter uma solução para isso, pois podemos falar com muita segurança, já que entendemos exatamente esses problemas, não é a toa que somos especialistas.

Neste post curto e direto vou mostrar para você porque saber gerenciar as atividades de rotineiras, são importantíssimas para ter uma equipe unida e garantir o sucesso do negócio. Aqui vai as: 5 Dicas para uma equipe mais Engajada e Produtiva!
Receba gratuitamente

1. SEJA ESPECÍFICO E  MUITO CLARO, AO CRIAR METAS E ATIVIDADES DIÁRIAS 

Todo líder que conhece de fato sua equipe, aprendeu que os seus colaboradores produzem muito mais quando o repasse de informação é claro, objetivo e simples. Quando a informação é passada corretamente, isso “abre a mente” da equipe, para o entendimento da importância da atividade e onde ela se encontra em seu contexto geral. Isso traz motivação para a realização da tarefa e até um despertar para ajudar mais com a possibilidade de contribuir de alguma forma e superar os obstáculos do projeto, ou de atividades que são recorrentes, ou seja, aquelas atividades que tendem a voltar com muita frequência, ou que sempre aparece novamente.

E o que é mais motivador do que uma equipe satisfeita com o seu próprio trabalho e com os resultados finalizados positivamente não é mesmo? É o sonho de qualquer líder e Equipe.

E se o projeto for grande e complexo, parta SEMPRE do princípio.

Como? Faça a definição das principais metas e o objetivo final. Dessa forma, todos terão o mesmo propósito, trabalhando em simbiose.

Vamos ao próximo passo:people

2. PARE DE IGNORAR OS SEUS COLABORADORES

Pode soar um pouco rude, mas muitas empresas fazem isso. Ao possuírem o conceito de uma gestão verticalizada, sempre seguindo à risca um organograma hierárquico mesmo que mental acabam cometendo o erro de

E até muitas empresas que se dizem horizontais, podem errar assim.

Por parte do gestor, por nunca “soltar as rédeas” por algum sentimento de medo e apreensão de achar que se soltar, o castelo de areia empresarial vai por água abaixo. E a própria equipe por sempre esperar ordens, e até mesmo por já estar acomodada com a situação “ele manda, eu obedeço”. E quando uma equipe assim é produtiva? Só produz quando a rédea aperta.

Por isso, crie um ambiente mais aberto a conversas. A equipe precisa sentir que pertence a empresa e que sua opinião vale tanto quanto ao do coordenador ou o líder do setor em que está. Além de que quando esse ambiente é introduzido, o colaborador começa a entender que o líder realmente se preocupa com a capacidade de cada um, de resolver problemas e de desenvolver uma consciência mais proativa! Por isso, dê uma chance ao seu colaborador, e caso ele não consiga de primeira, ajude-o a crescer!

P.s: Quando você ajuda o seu colaborador e crescer, a sua empresa cresce junto 😉 

ldEml

3. USE A GESTÃO DE TAREFAS PARA ORGANIZAR AS ATIVIDADES 

Entendemos que uma empresa é como um time que compete em um esporte de alto nível. A empresa, assim como uma equipe vencedora, precisa avaliar os resultados obtidos para entender o que tem dado certo e o que pode melhorar, além de treinar muito para ser melhor e ganhar títulos.

Assim, a gestão das atividades entra para dar o brilho da vitória que faltava para a sua equipe! Como o Portal Administradores diz através de especialistas, a gestão por atividade é uma ferramenta nova que valoriza a excelência dos resultados e até a gerência preventiva!
Dessa forma, as tarefas realizadas pela sua equipe, não só as operacionais, mas também as estratégicas, são fundamentais, pois você saberá o que está dando errado hoje e será capaz de atuar “cirurgicamente” e melhorar seus resultados. Afinal de contas, com o trabalho organizado, você terá mais controle do que está acontecendo na sua empresa.
Além disso, você irá proporcionar aos seus colaboradores um ambiente único de gestão.
Chega de informações “soltas”!
É muito cansativo e nada produtivo perder tempo com reuniões de alinhamento de atividades por conta de problemas de comunicação.
Nós aqui no Infortask, tambem sempre buscamos isso para os nossos clientes. E eles adoram! Que seu time, sua equipe e sua empresa vença, sendo mais produtiva e transparente à partir de agora com uma gestão eficientes de atividades. Pois a sua alegria, é a nossa tambem!

disrupt_graphic

4. RECONHEÇA OS ESFORÇOS E DÊ MÉRITO 

Quando as pessoas sentem que você está reconhecendo as suas conquistas,  você automaticamente oferece motivação suficiente para criar uma relação de mais confiança, próxima e amigável. E não só dar o parabéns pelo trabalho ter sido finalizado com êxito, mas tambem chamar para uma reunião de feedback é super importante. Dizer dentro da reunião o que o colaborador acertou e o que errou, para que possa melhorar.

Aqui tem um material que pode te ajudar a fazer o diagnóstico de motivação dos seus colaboradores para otimizar a relação de recompensa e comunicação produtiva! Baixe o Ebook!

5. DÊ RESPOSTAS COM ORIENTAÇÕES NECESSÁRIAS 

Sim, é o famoso feedback. Quanto mais você alimenta a relação comunicativa com os colaboradores melhor para a empresa como um todo. O feedback trás a comunicação essencial se existe respostas, quer seja escrita, um elogio ou opiniões construtivas. É uma ferramenta que se usada corretamente pode trazer tanto o sucesso de comunicação e entendimento da passagem de informações, quanto o sucesso lucrativo do negócio! 

E para dar orientações certas, você precisa ter empatia com o seu colaborador. Quando se trabalha nas empresas como empregado, as reuniões são sempre esperadas, principalmente quando são feitas com feedback construtivo. Uma dica é, fazer reuniões mensais (nunca cansativas ou extensas) e relatar o que está sendo feito de forma acertada e verificar os erros, para que possam ser reparados e melhorar a produtividade. Pode ter certeza! O colaborador fica feliz quando um bate-papo com o líder é bom, simples e entedível para ambas as partes, ok?

Bom, espero que esse artigo possa ter te ajudado a entender um pouco de como performar a sua Equipe e “puxá-la” para o engajamento!

Comenta ai embaixo, o que você achou do artigo 😀

Ingrid Lima, Colunista do Blog Infortask trabalha na área de Marketing Digital com conhecimentos em Web Design.

comentar